segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Foi como um relapso
Simples e nada sensato
Foi como a explosão de um rojão
Curta e extremamente barulhenta
Foi bonita
E bendita seja aquela felicidade cruel
Bendita seja qualquer rastro existente
De dias escuros em que o coração reluzia
Bendito seja o dia do despertar
O dia de acordar, ver o sol e sentir que tudo iria ficar bem...
Bendito seja, bendita seja ... lembranças...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?