segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Meu parecer




Dificil é dizer o que o coração não quer entender
Sentir a falta
Suplica da saudade
Motivo sincero
De um leve desespero

Depois que você partiu
Uma luz em mim, confesso, apagou
Fazia parte de mim, digo que sim
De uma mera mortal que nunca te amou
Da maneira que se era...
quase sem querer
um suplica eterna
que machuva dois corações no escuro
uma faculha de luz, ó ceus
Quanta confusão
Para um amor que nunca aconteceu

Amigo, que falta o seu abraço me faz
suas palavras que me iluminavam
quanta em mim havia falta de luz
Suas palavras, quanta falta...

Meu coração, já sabes
que trasborta de orgulho, sim
E não é diferente aqui
Não pensou em meus sacrificios
Não se esforçou
Pra manter um laço
que jas rompido
quem rompeu foi o seu medo
E vou te contar um segredo
Em meu coração um pedaço seu ficou
Mais não ha mais espaço 
Esta trasbordado

Das palavras que li
Nada mudou
O que infelizmente e friamente
Meu coração guardou

E o meu parecer
é aqui jás um laço eterno, agora rompido
com um pouco de lágrimas
Espera
Já não ha tempo
 Pra mais nada
Escolhas tomadas
decisões eternas 
dos dois lados

ADEUS
Pra você e pra mim
FELICIDADE
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?