domingo, 3 de julho de 2011

Olhos brilhantes, - continuação!

e sem perceber seus  passos estavam indo em sua direção 
ele se sentiu sem saída
ele sabia exatamente o motivo dos olhos brilhantes estarem faiscando
e ela que cuidadosamente tentara disfarçar o ciumes que a invadia
quando o via rindo de palavras que não foram pronunciados por ela
como sou egoísta pensou...
e então por um impulso mudou o rumo dos seus passos
ouviu seu nome e virou-se
__ Por que mudou seu caminho Helena?
ela não sabia o que dizer, simplesmente havia mudado o rumo por que viu o quanto ele estava se divertindo sem ela
__ Esqueci que havia um encontro marcado
__ Oh então não se atrase por minha causa - Seus olhos mostravam a desaprovação que sentia
__ Desculpe Marcos, - Tomou o cuidado para que sua voz não saísse rouca
__ Ah não tem do que se desculpar, se não percebeu, estou em otima companhia - ele falou satisfeito pois suas palavras surtiram o efeito que ele esperava. Helena corou, e se sentia tão enciumada que não conseguia pensar,- Não poderia amar aquele homem tão rude, afinal não havia nem vestígio nele que o fizera lembrar do homem que ela havia imaginado.
__ Marcos, desculpe se te atrapalhei, mais como havia dito tenho um encontro, então até um dia
__  Até mais Helena.
Helena esta tremendo de raiva, mais não era raiva de Marcos era raiva si mesma, por se deixar levar daquela maneira, de se entregar ha uma paixão inútil
                                                                    Continua!

Um comentário:

  1. Ta show de bola Bruh....só quero ver o final dessa historia...Parabéns pelo blog amiga, ta lindo !!

    Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?