quinta-feira, 26 de maio de 2011

e logo depois dos obstáculos
vem a vitória
vem a calmaria
e nessa aposta que travo dia a dia
o resultado é certo
esforços não são em vão nunca
e então continuarei nessa luta
continuarei agradecendo todo dia
essa minha oportunidade.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

bem, é então fácil
ditar as historias do meu coração
as palavras chaves são
medo, ilusão, insatisfação
bem, é tão complicado
dizer que nada valeu a pena
que a minha felicidade
e mais que quatro palavras

estou assistindo cair
e falando serio
não quero lutar
vou deixar
vamo ver aonde tudo isso vai dar

as palavras que saem da sua boca
são criticas e mais criticas sobre mim e o mundo
talvez eu deva ficar aqui parada
talvez eu deva correr atras
talvez eu deva dar a chance pra alguem amado

quarta-feira, 18 de maio de 2011

catavento

ooh catavento 
se tu parastes o tempo
congelaria certos momentos
e cuidaria da minha paz

ooh catavento
tire as angustias de meu coração
leve embora toda a ilusão
e me devolva a coragem que não sei onde perdi.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

:

eu tenho medo do escuro
pavor da solidão
há uma necessidade quase tola
das lindas coisas de um primeiro amor

alguém me explica esse vazio
que insiste em me perseguir
gestos tão simples
me fariam feliz
mais é bem difícil
não ser mais o centro de atenção
 por que as coisas mudam assim
é tão complexo pra mim

me liberte
dessa insegurança
e se você me ama de verdade
demonstre por favor

pois não sei ate quando
vou aguentar essa falta de amor

sexta-feira, 6 de maio de 2011

oração

posso sentir
tudo o que tentas me dizer
eu quero tocar todo o infinito que você me prometeu
entre tantas em um milhão
você me escolheu,
 e te entrego a minha oração
quando penso em desistir
tua palavra esta logo ali
eu te agradeço tanto
por nunca ter desistido de mim

sua lanterna é que me guia 
e me faz ficar firme e tão forte

contigo ao meu lado, o SENHOR
não desistirei
lutarei
viverei
confiando em ti
esperando em ti


você és meu bem maior
e você nunca vai me abandonar

segunda-feira, 2 de maio de 2011

eu quando eu quiser desistir, eu lembro de tudo o que passei pra chegar aqui
e quando vier o desespero eu agradeço, pois sem LUTA não há GLÓRIA.