segunda-feira, 11 de abril de 2011

pra mim, o que seria a morte

isso parece tão real
seus olhos encarando os meus
você esta tão perto que posso sentir sua respiração
você parece tão minha...

e de repente eu acordo
te procuro no meu quarto
você desapareceu
mais ainda sinto o seu cheiro 
Te procuro pela casa
Mais não te vejo
há um beijo no espelho
então foi real...

de repente me vejo na cama dormindo
e você la sentada me observando 
queria te tocar 
mais minhas tentativas são inúteis...
você me toca e parti.

Estarei sempre te observando meu querido
o fato de eu ter partido
não mudou em nada

Era o que dizia o bilhete que ela me deixou
toda noite procuro os seus olhos
anseio sua boca pra beijar
desejo o seu corpo pra eu tocar
você esta tão longe,
em um lugar que eu não posso alcançar
esta la encima 
guardando minha vida
e guiando meus passos

Um comentário:

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?