sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

caminhos

Caminho estranho
e certo
Só a certeza do destino próprio...
Não satisfaz

Desperta
Há um momento em que tudo pode cair

Esperta
Sua vida perante os dedos de outro alguém
Mais se haver
Qualquer vontade doida
De seguir
Abra os olhos se esqueça
Pois há certos caminhos
que não devem ser seguidos
E se arriscar
é pagar para ver
E tudo o que não se pode nesse mundo
é deixar o tempo correr
E você sabe mais que ninguém
que o tempo nunca vai esperar por você

5 comentários:

  1. Oi Bruninha q bom ver vc lá em casa é uma belezura receber a menina, é mesmo o tempo não espera, não para um só segundo pra nós, o tio q o diga faz meio século q começou a andra e como fazê-lo parar um pouquiiiinho, não dá, lindo texto,pra vc amiguinha bjos, bjos e bjossssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto Bru, muito reflexivo, pois não existe caminho certo, sempre pode haver uma pedra ou desvio, mas que não seja necessariamente ruim, as vezes a vida nos traz boas surpresas e, se não arriscarmos nunca saberemos o que está por vir.

    ResponderExcluir
  3. gostei muito :) mas às vezes é preciso arriscar..***

    ResponderExcluir
  4. LIndoo..
    e como o tempo não espera por ninguem mta gente fica pelo caminho com sonhos perdidos e tem por destino se contentar em amargar o que lhe tem reservado isso é destino,e ae vezes o medo de arriscar um algo novo é ainda maior do que o amargo que o destino lhe tem reservado então a mais pura verdade"E tudo o que não se pode nesse mundo
    é deixar o tempo correr".

    bjoo menininha *_*

    ResponderExcluir
  5. Tem selos de presente pra você, passe no blog e pegue.Lindo fim de semana pra você.

    http://ventosnaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?