segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

devaneios !

a liberdade
que nunca se conquista
a prece do dia a dia
para das algemas um simples libertar

os seus olhos
doce olhar
não me permita voltar
por esse caminho que nunca segui
Não mate a curiosidade
que vive na minha ilusão

se o vento me beijar novamente
os segredos saíram da areia
Os pássaros vão comemorar
nossa alegria
de simplesmente estar
estar com os braços dados com o infinito

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Tempo

Com o tempo
Crescemos
Com a vida aprendemos
E com os sonhos
Vivemos

Negamos pensamentos ruins
Vivemos na anseia de melhorar
Caminhamos distribuindo sorrisos
Sorrimos com os sonhos realizados

Nessa passagem tão pequena 
O que conta são as almas cativadas
Os bons espíritos de nossos amigos
A verdadeira paz no berço familiar

A vida não é tão inútil
Pois bem
Fazer valer a pena
Depende somente 
de V O C Ê

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

despedidas

Você esta vendo todos os seus sonhos destruídos
Observa as alianças no chão
Tenta encontrar algum motivo
mais, lhe some a razão

Quando um amor acaba
acaba sempre de um lado só
um sai aliviado
e o outro machucado

amor é coisa seria
é ferida aberta sempre
não se acha que vai voltar
mais o sentimento
é outro agora

os sonhos 
as promessas
Tudo isso some tão rápido

Agora é hora de seguir 
com outros sonhos
Fazendo novas promessas
e viver para cumpri-las
pelo menos por enquanto

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Breeve !

Duas almas em um destino
dois corações
Seguindo um caminho
De olhos fechados 
nada realmente importa
Estamos sobre o feitiço do primeiro beijo
Não há como pensar
que isso pode acabar

Tempo 
Pode dizer
O vento
Pode fazer

Dois destinos
Fazem luz
No meio da escuridão

Os flashes das lembranças
Doces ou amargas
O amor não escolhe ninguém
Nasce e vive em cada coração

então vamos 
Refazer a canção
Buscar caminhos juntos

Breve Brevee !

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Just dream ( Linda ;)


 Eu estava pensando nela, pensando em mim
Pensando em nós, o que vai ser?
Abro os olhos, sim, era só um sonho
Então eu viajo de volta por esse mesmo caminho
Ela vai voltar? Ninguém sabe
Eu percebo, sim, que era apenas um sonho

Eu estava no alto e parecia que estava no porão
Número um e agora ela encontrou o seu substituto
Eu juro que agora eu não aguento
Sabendo que alguém está com o meu amor
E agora que você não está por perto, não posso pensar
Devia ter pedido, devia ter comprado aliança
Pois eu ainda consigo sentir no ar
Vejo seu rosto lindo, passo a mão no seu cabelo

Meu amor, minha vida, minha linda, minha esposa
Ela me deixou, estou amarrado
Pois eu sabia que não estava certo

Eu estava pensando nela, pensando em mim
Pensando em nós, o que vai ser?
Abro os olhos, sim, era só um sonho
Então eu viajo de volta por esse mesmo caminho
Ela vai voltar? Ninguém sabe
Eu percebo, sim, que era apenas um sonho

Quando estou dirigindo, cara, eu juro
Eu vejo o rosto dela a cada curva
Tento acabar com o meu disfarce, posso deixar queimar
E espero que ela perceba
Que ela é a única que eu desejo
Eu sinto falta dela, quando é que vou aprender?

Não dei todo o meu amor a ela
Acho que agora esse é o troco
Estou na balada pensando no meu amor
Ei, ela era fácil de amar
Mas, espere aí, acho que amor não era o bastante

Eu passo por isso toda vez que fico sozinho
E agora sinto falta, quero que ela atenda o telefone
Mas ela tomou uma decisão, ela quis seguir em frente
Pois eu estava errado

Eu estava pensando nela, pensando em mim
Pensando em nós, o que vai ser?
Abro os olhos, sim, era só um sonho
Então eu viajo de volta por esse mesmo caminho
Ela vai voltar? Ninguém sabe
Eu percebo, sim, que era apenas um sonho

Se você já amou alguém, levante as mãos
Se você já amou alguém, levante as mãos
E agora eles se foram
E você gostaria de poder dar tudo a eles
Eu disse, se você já amou alguém, levante as mãos
Se você já amou alguém, levante as mãos
E agora eles se foram
E você gostaria de poder dar tudo a eles

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

pensamento vaago

No meu coração
um arco-iris de ilusões
lembranças de aguas passadas
Não fazem mais mal a um pobre coração

caminho então seguido
tudo o que um dia te incomodou
ficou pra tras
Todos as lembranças
guardados e lacradas

algo que ninguém te tira
são as alegrias
os momentos
que você amou passar

a vida é que te cria
e o mundo é quem te estraga !

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

devaneios !

o que eu espero
nunca desistir
meus sonhos
e tais ilusões
ser feliz

caminhos incertos
pessoas erradas
aprendizado

amor carinho
respeito
mais um cuidado

a compaixão
por tudo o que 
passar por mim
obstáculo

nada me fará desistir
mesmo sendo apenas uma faisca 
desse nosso mundo
meu coração pode ser grande
pra me livrar da desgraça
de um todo