domingo, 15 de agosto de 2010

Horizonte

Assim vejo o sol nascer
E junto dele vejo minha esperança florescer
Pois é
É tem de viver e esquecer

Além desse horizonte
Alguma coisa vive a me chamar
Eu quero mais eu quero mais
Impossível não notar


Sigo calada
Contando estrelas
E a minha maneira
Desfaço situações
Destruo ilusões
E faço canções !

Bruna L.P #

3 comentários:

  1. mt bonito seu poema e sua canção!
    eu gosto de escrever tambem, mas gostaria d escrever poemas alegres que fizessem as pessoas sorrirem.... vou continuar tentando.

    bgd pelo comentario! seguiindo tbm!
    bjus

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?