terça-feira, 10 de agosto de 2010

Donzela


Ao longe todos se encantam
Quando o sorriso ela abre
O brilho do seu olhar alucina
E o tom da sua voz é suave

A bondade em atitudes
Singelas e complexas
Pois ela não tem só virtudes
O coração de todos ela congela

As borboletas
Com suas facetas
Deixa o coração da donzela
Com uma cor mais bela

Tudo ao redor ela transforma
Risos são musicas
Cantadas sem tom
Talvez ela use seu dom
E mude tudo de alguma forma

Para ela o amor 
É como girassol
Que precisa de um sol
Para se completar
Observa sempre a lua
E diz verdades semi nua
Pra quem quiser escutar






Bruna Laiz Penasso #

4 comentários:

  1. Leio suas poesias diariamente
    você é incrivel Bruna
    Parabéns
    Essa em especial parece uma descrição sua! hehehe
    Beijo Bru

    ResponderExcluir
  2. Como sempre arrasando nos poemas. E como te conheço, posso concordas com o anônimo, realmente parece uma descrição sua.

    ResponderExcluir
  3. Para ela o amor é como girasol...bela definição poética, gostei tb deste post e deste poema mais abrangente, mais incisivo, vc dá show menina, merece receber bjos, bjos e bjossssssssss

    ResponderExcluir
  4. LINDO TEXTO! voce é mesmo muito criativa,
    ficou de mais!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?