segunda-feira, 30 de agosto de 2010

...

Vive radiante em seu mundo de ilusões
Para pra pensar mais perto a noção
Ela diz que sim, mais a final não é assim

Vejo em seus olhos
O seu mundo de confusões
Vive com preocupações
Mais não cuida do seu coração

Para pra olhar
Não tem medo de sonhar
Aos pouco ela vai caindo
Naquele mesmo abismo
Que um dia caiu
Achando que tinha as asas fortes
Para então flutuar
Lá vai ela
Buscar toda a magia
Que a poesia
Lhe entrega a todo final do dia

2 comentários:

  1. Oi Bruninha, q bom tê-la por lá, adoro sua visita, hoje mais um belo poema, uma mensagem delicadinha tipo pisciana, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssssss

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?