sexta-feira, 27 de agosto de 2010

...

Fico aqui parada
Pensando em tudo
De com as vezes preciso ser malvada
Ou da tamannha incencia que vejo o mundo

Pode ser que um dia eu mude
Eu talvez nem mude
Pois a minha felicidade não tem preço
E enquanto eu não precisar encarar a realidade
Vou estar bem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?