terça-feira, 31 de agosto de 2010

Meu amor !

Nos teus braços encontro minha força
Olho além do horizonte
Não sinto tanto medo
Você me faz ter tanto orgulho
Posso te contar todos os meus segredos

Quando me altero
Você me cala com o beijo
Apesar, tem tanta paciência comigo
Me respeita e me quer tão bem

Sabe eu nunca te agradeci
Por tudo o que és pra mim
Tenho tanto orgulho de ser sua namorada
Confio tanto em nossos planos
és meu porto seguro
Onde me sinto em paz

E com toda a sinceridade de meu coração
EU TE AMO
Obrigada por me suportar
Por me amar
E pela força que sempre me dá

E acredito cegamente em nosso PRA SEMPRE


MEU !


E que dure pra sempre

 

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

...

Vive radiante em seu mundo de ilusões
Para pra pensar mais perto a noção
Ela diz que sim, mais a final não é assim

Vejo em seus olhos
O seu mundo de confusões
Vive com preocupações
Mais não cuida do seu coração

Para pra olhar
Não tem medo de sonhar
Aos pouco ela vai caindo
Naquele mesmo abismo
Que um dia caiu
Achando que tinha as asas fortes
Para então flutuar
Lá vai ela
Buscar toda a magia
Que a poesia
Lhe entrega a todo final do dia

sábado, 28 de agosto de 2010

Mãos vazias

De nós só sobrou incertezas e uma porta aberta;
Sai de mãos vazias, cara limpa e uma carta;
Em que você deixou seu nome quando ainda existia;


Joguei na mala medos, sonhos e esperanças;
Palavras soltas, ironias presas na garganta;
A indiferença me fazia acreditar que já era hora;
E agora?? Agora eu quero te contar essa canção;


Você foi, o melhor e o pior do que eu tive;
Será que um pouco de amor ainda existe;
E agora?? Eu quero descobrir tudo que existe;
Lá fora..


Dispenso os preconceitos, caras, bocas, jeitos de sentar;
Pode guardar os medos, meus defeitos não te afetam mais;
Pode tirar a fantasia, tudo aquilo que te esconda;
Te manda, o que eu penso à teu respeito agora tanto faz;


sexta-feira, 27 de agosto de 2010

...

Fico aqui parada
Pensando em tudo
De com as vezes preciso ser malvada
Ou da tamannha incencia que vejo o mundo

Pode ser que um dia eu mude
Eu talvez nem mude
Pois a minha felicidade não tem preço
E enquanto eu não precisar encarar a realidade
Vou estar bem

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Vegetarianismo

Acho que a melhor decisão que pude tomar na minha vida foi de me tornar uma VEGETARIANA
No começo você é taxado como uma idiota, por que raio você para de comer carne?
Bom, eu particularmente sempre fui uma carnivora nata
Sempre adorei carne
Mais uma unica cena me fez mudar de ideia
Não tem pessoa mais amante de animais do que eu
Sempre que vejo qualquer animal nunca deixo de dizer um Oi, sei sou um pouco boba mais adoro fazer isso, e não eles nunca me respondem
E então a quase 2 semanas atras tomei a decisão de não comer mais carne
E gente eu estou tão bem
Não tem sensação melhor do que essa
Me sinto leve 
e isso ninguém me tiraa

;D

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ausencia

As horas vão passando devagarinho
E eu aqui chorando de mansinho
Tentando me conformar
A essa nossa nova forma de se amar

Tendo suportar sua ausência
Só o sono me alivia
Preciso da magia
Que seus beijos me trazem

Pois é tão difícil ter que ficar dias
Apenas trocando e-mail
 Sem ver seus olhos verdes
Me dizendo que tudo vai ficar bem

terça-feira, 24 de agosto de 2010

egocentrismo

Não me tirem desse mundo
Pois é estou tão feliz
Nada mais esta confuso
Hoje sou dona do meu nariz
Cresci, precisei de tombos
Mais, aqui estou eu
Pronta para lutar
A menininha da franja cresceu
Apesar hoje ela nem usa mais
Voltar ao que foi jamais
Um coração tão grande
Uma mente intelectual
Sente a todo instante
E se esquece do que é real


segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Eu sou !

Posso ser uma idiota das grandes
Posso me fechar como já não se faz mais
Posso ser a criança mais temperamental
E você nunca conheceu ninguém tão negativo
Quanto, às vezes, eu sou
Eu sou a mulher mais sábia que você já conheceu
Eu sou a alma mais amável com a qual você já teve contato
Eu tenho o coração mais valente que você já viu
E você nunca conheceu ninguém tão positivo
Quanto, às vezes, eu sou
Eu culpo a todas as pessoas, menos a mim mesma
Minha agressividade passiva pode ser devastadora
Eu sou assustada e desconfiada
E você nunca conheceu ninguém tão fechado
Quanto, às vezes, eu sou.
Aquilo a que eu resisto persiste e fala mais alto do que eu imagino
Aquilo a que eu resisto, você ama, não importa o que eu faça
Eu sou a mulher mais engraçada que você já conheceu
Eu sou a mulher mais estúpida que você já conheceu
Eu sou a mulher mais bonita que você já conheceu
Você enxerga tudo, você enxerga cada detalhe
Você enxerga toda minha luz
E você ama minha escuridão
Você entende tudo de que eu tenho vergonha
Não há nada com que você não se identifique
E você continua aqui
E você nunca conheceu ninguém que seja tanto assim, com tantas faces
Quanto, às vezes, eu sou.

domingo, 22 de agosto de 2010

....

E la vai ela
Tentando ser donzela
Pobre coitada
O génio cigano vive intensamente em suas veias
Ela queria ser diferente
Se impor aos seus limites
Mais seu medo aa o seu medo
Não a deixa agir
Ela se lembra todo dia
Oh mais é uma tortura
O que ela pode fazer
Se vive em um mundo que não é seu

Ela precisa de ar
precisa amar
Mais do que nunca
Para esquecer devaneios que passam pela sua cabeça.

sábado, 21 de agosto de 2010

agindo.

quero começar dizendo que já faz 1 semana que deixei de ser carnívora oaieoieaoieaoie, e estou decidida a continua sem comer carne 
Só eu sei como estou me sentindo bem esses dias, sem contar que a balança anda me dando presentes depois de eu ter parado de comer carne (risos)
Mais estou mega feliz ^^


Agora uma poesia


Estou caminhando numa estrada sem volta
Meus passos são contados
Meu coração vive disparado
Com medo de aceitar
Tudo que ando não querendo dizer


Mais para falar a verdade
Ando muito revoltada
Tudo ao redor me irrita
Essa falta de um bom senso
Me arrepia os cabelos

Agir, estou começando a agir
Tomando conta do meu nariz



QUERO MAIS É SER FELIZ !

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

fui ser feliz


Não quero pensar em nada
Meu coração não faz parte desta palhaçada
Fui ser feliz e sem hora pra voltar
Eu quero amar
quero sonhar 
Quero gritar
E dizer nunca mais

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Partir


Ela esta caminhando sozinha
e com frio
com medo e sem desejo de partir
Por que mesmo teria que ir?
Se há tanta coisa aqui
para cuidar e zelar
Foi la que ela aprendeu a amar
Onde criou asas para sonhar

Ela quis
E tentou
Ela buscou
Mais não encontrou

O que acontece
Por que tudo se perde
Ate as coisas bonitas você se esquece

Ela precisa ver o amor nos olhos dos outros
Ela não queria que a dor existisse
Ela queria na verdade que todo o mal partisse
E nunca nunca mais voltasse .

pai

As vezes gostaria de ter um pai
Um pai que me amasse verdadeiramente
E que os laços que nos unem seja por amor apenas por amor
queria um pai um pai de verdade não uma imitação de um

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

...

Tudo e nada 
O que é o pra sempre?
Pra sempre e nunca
O que resta de mim além do que fui
Meus sorrisos perdidos
Talvez foram encontrados
Os pedaços do meu coração já foram guardados
E eu sigo, sigo feliz, tentando buscando sonhando rimando, para um mundo melhoor

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Maria do baiirro


Menina toda muleca
Tem um olhar de quem é sapeca
Não sabe o que quer
Não sabe ao menos se sabe ser mulher

Vive com os pés descalços
E não liga pra nada
Tem gingado de quem é danada
Mais seu olhar transmite bondade

Ao longe alguns se encantam
Outros se espantam
Como pode uma mulher de uma beleza
Ter aparência com tanta aspereza

Mais ela diz que a felicidade
Não mora vizinha da maldade
E que o mundo precisa ter mais bondade

Então a menina do bairro
Vive com seu jeitinho
Cuidando bem dos animalzinhos
Plantando sementes ao seu redor
Transmitindo o amor
Esquecendo da dor
Vive tentando não perder a magia
Que aos poucos estão tirando
Daqueles olhos cheio de alegriia
La vaai ela MARIA MARIA !


segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Meu amor !

Preciso de você
Para ver a beleza das flores ao florescer
Preciso ver a sua cara gostosa todo amanhecer
Preciso de você para me conhecer

E de te amar
Um tanto bem grande
Quero seguir adiante
Sem ter medo de sonhar

O meu coração
Te pertence de um tanto
Que inevitável
Não te desejar a todo instante

E lá no futuro
Depois de enfrentar tudo
Estaremos balançando em uma cadeira
Rindo dos momentos dificies
Com nossa menina nos braços

E VAMOS PENSAR
QUE MUNDO MARAVILHOSO !

Breve EPITAFIO

por favor, leiam o finalzinho também !



Over the Rainbow

Em algum lugar além do arco-íris,
Bem lá no alto
E os sonhos que você sonhou
Uma vez em um conto de ninar


Em algum lugar além do arco-íris,
Pássaros azuis voam
E os sonhos que você sonhou
Sonhos realmente se tornam realidade


Algum dia eu desejarei em cima de uma estrela
E acordarei onde as nuvens estarão bem atrás de mim
Onde problemas derretem como balas de limão
Longe, acima dos topos das chaminés, é onde você me encontrará
Em algum lugar além do arco-íris, pássaros azuis voam
E o sonho que você desafiar, porque então, oh porquê eu não posso?


Bom, eu vejo árvores verdes e
Rosas vermelhas também
Eu vou assisti-las florescer pra mim e pra você
E eu penso comigo
Que mundo maravilhoso


Bem, eu vejo os céus azuis e as nuvens brancas
E o brilho do dia
Eu gosto do escuro e eu penso comigo
Que mundo maravilhoso


As cores do arco-íris tão bonitas no céu
Também estão no rosto das pessoas que passam
Eu vejo amigos apertando as mãos
Dizendo, "como vai você?"
Eles estão realmente dizendo, "eu... eu amo você!"


Eu ouço bebês chorando e eu os vejo crescer
Eles vão aprender muito mais do que
Nós saberemos
E eu penso comigo
Que mundo maravilhoso


Algum dia eu desejarei em cima de uma estrela
E acordarei onde as nuvens estarão bem atrás de mim
Onde problemas derretem como balas de limão
Longe, acima dos topos das chaminés, é onde você me encontrará
Em algum lugar além do arco-íris, bem lá no alto
E o sonho que você desafiar, porque, oh porquê eu não posso?



Essa musica tem muito significado pra mim, é a discrição da minha forma de ver o mundo, um coração puro demais para se adaptar a esse mundo injusto, e hoje não faço uma poesia, venho dizer sem rimas o que meu coração me pede.
Choro sozinha, me perguntando a onde tudo vai parar, tudo parece tão distante mais esta mais perto do que penso
Meus olhos não querem ver, sou pequena demais para entender, o que esse mundo fútil tem a me oferecer
Mais apesar não reclamo de minha felicidade, tenho pessoas demais e que amo muito ao me redor e minha língua não precisa de venenos para sobreviver.
Agradeço, por tudo que tenho pois conquistei sozinha e sem chantagens!
Aos meus verdadeiros amigos minha eterna gratidão
E o meu amor pra sempre vocês terão
Eu amo vocês demais
E para o que precisarem estarei aqui !
Minha família onde tudo se complica
Vou lembrar dos risos dos nosso eternos sorrisos
Vão ser minhas lembranças mais sinceras
Do amor de verdade
Ao meu eterno namorado
Você sabe que nada seria sem você
Conheci o amor nos seus braços
E é onde eu vou sempre estar
E nunca se esqueça que mesmo em qualquer momento
Meu coração vai te pertencer
SEMPRE
E assim quando eu não mais existir
MINHAS sementinhas estarão por ai
Brotando em corações
Onde sei que sempre vou viver !


domingo, 15 de agosto de 2010

Horizonte

Assim vejo o sol nascer
E junto dele vejo minha esperança florescer
Pois é
É tem de viver e esquecer

Além desse horizonte
Alguma coisa vive a me chamar
Eu quero mais eu quero mais
Impossível não notar


Sigo calada
Contando estrelas
E a minha maneira
Desfaço situações
Destruo ilusões
E faço canções !

Bruna L.P #

sábado, 14 de agosto de 2010

Need you


Por que preciso tanto assim
Já não é tão bom pra mim
Mais tem alguma força
Que me força
A não desistir

A solidão me machuca
As horas são longas demais
A tempos atrás
Você era só MEU

Eu preciso de você
Preciso que me faça viver
Preciso que me ensine a conhecer
O que te bom a vida pode trazer

Eu te amo tanto
Que apesar de um tanto
Sua ausência me tira alegria
Deixa me coração sem magia
E ao me olhar no espelho nada me radia

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Desabafo em rimas (4)


Tem algo no coração
Querendo sair
Mais o medo de agir
Continua em ilusão


Chega de tanto confusão
Talvez eu desista
Mais mesmo que o coração insista
Nada muda minha opinião


Dias e horas se passam
Dores mais uma vez se calam
Por quanto tempo
Qual será o ultimo momento?

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Canção



Assim
Vou seguindo aquele som
Ouvindo a mesma canção
Sinto as batidas do coração
Que chegam a se confundir 
Com a musica que me fez iludir

Aos flashes
Vejo minha vida passar
Escuto a mesma canção
Entro em um novo mundo de ilusão

Aquela olhar no meio da quase escuridão
Me fazia notar
Que quando estou a dançar
Nenhum mal pode me pegar
Estou livre e seguindo passos
Passos até então secretos
Que movia um coração

Quando os olhares se encontraram
A mesma canção tocou
Lembro de todos, meu coração se calou

Estou vazia e com maquiagem borrada
Talvez tenha feito alguma burrada
Mais nada que não possa concertar