quarta-feira, 16 de junho de 2010

E me encontrar de verdade no meio das estrelas
Talvez elas me emprestem um pouco do seu brilho
Pra eu poder ver a vida com mais magia
E não permitir de que o desamino de ter uma vida difícil não me desanime
Quero conhecer a pedra mais dura, e pedir a ela um pouco de força
Não que eu não tenha, mais é para os momentos em que eu me sinta fraca e sem força pra lutar
Quero nunca abandonar os meus sonhos
Queria nunca reclamar da minha vida
Por que apesar eu tenho tudo o que preciso, mais infelizmente não me basta
Eu preciso voar e me sentir livre
E talvez precise cair mais uma vez pra reforçar o que já aprendi

6 comentários:

  1. Às vezes a queda
    é tao bela e imprevisivel
    quanto voar.

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto! Conformismo é para os fracos, queira sempre mais.

    ResponderExcluir
  3. simplesmente amo as coisas lindas que você escreve, é com as quedas que aprendemos a nos levantar.

    ResponderExcluir
  4. é com a queda que aprendemos a levantar e ter passos firmes.

    amei teu blog tô te seguindo
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa...
    esse texto tocou profundamente...
    muito verdadeiro...
    bj

    ResponderExcluir
  6. Você não está só: sempre tem alguém caindo, sempre tem alguém levantando...Resta-nos ficar o maior tempo possível em pé!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?