quinta-feira, 20 de maio de 2010


Um segundo nesta vida pode mudar seu rumo
Cortar sua asas para abrandar para o seu mundo
Mandar esse disfarce para que nada vá ao limbo
Perder o medo para tentarmos juntos outra vez
Nunca é tarde para começar
Não tenho medo de voltar a amar

O que eu quero é um amor que saiba que não sou
tapete nem etapa, com dignidade e convicção
Eu quero um amor que saiba o que sou
que tenho um coração, modéstia e pudor
Isso é o que sou

Os corações bobos nunca serão capazes de chegar ao céu
Mesmo que eu tenha a esperança de voltar a ouvir te amo
Nunca é tarde para começar
Não tenho medo de voltar a amar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?