quarta-feira, 14 de abril de 2010

Realidade



Sabe um dia alguém tentou me dizer
Que o meu conto de fadas não existia
E que as pessoas não eram boas de verdade
E que meu príncipe encantado não viria !

No Fundo eu juro que já sabia
Mais aquilo me fazia tão bem
Sabia que lá, em pouco tempo eu já não existiria
Precisava acordar, precisa enfrentar o que mais temia

O tombo foi trágico
A REALIDADE era brusca demais, para eu entender
Não havia sentimento, nada era mágico
O que todos queriam era dinheiro para poderem sobreviver

Juro, a ganancia era o pior
Uns com tanto e outros com tão pouco
Ninguém se lembrava o que era repartir
Lá só se preocupavam com o próprio nariz

Aos poucos minha luz foi se apagando
Eu fui desacreditando de toda aquela mágica
Que um dia eu havia sonhado
Na REALIDADE descobri que os sonhos não podiam existir
Foi ai que me vi morrendo e dejando estar no meu conto de fadas, e é la que me encontro até hoje
E é ela que eu sobrevivo me alimentando de ilusões
Mais me sinto melhor assim
E é lá que eu sempre quero estar !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?