segunda-feira, 26 de abril de 2010


É como se eu estivesse presa
É como se eu estivesse fugindo de você todo o tempo
E eu sei que deixo você ter todo o poder
É como se a única companhia que eu procuro
fosse miséria por todos os cantos
É como se você fosse um sanguessuga
Sugando a minha vida
É como se eu não pudesse respirar
sem você dentro de mim
E eu sei que deixo você ter todo o poder
E eu percebi que mesmo que o tempo passe,
eu nunca vou te esquecer
É como se não pudesse respirar
É como se eu não pudesse ver nada
Nada além de você
Eu estou pressa em você
É como se eu não conseguisse pensar
sem você me interromper
Nos meus pensamentos
Nos meus sonhos
Você tomou conta de mim
É como se eu não fosse mais eu
É como se eu estivesse perdida
É como se e estivesse desistindo devagar
é como se você fosse um fantasma me assombrando
Deixe-me em paz
E eu sei que essas vozes na minha cabeça
São só minhas
E eu sei que eu nunca vou mudar o meu jeito
Se eu não desistir de você agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
volta mais uma vez voolta?